Dicas de Saúde

Chega de depressão: sete atitudes que ajudam no tratamento

Regular o sono e mudar a alimentação e a rotina são algumas formas de combater a doença

A depressão está longe de ser uma simples tristeza - é uma doença séria que precisa ser tratada. "Ela ocorre por causa de uma tendência hereditária e algumas substâncias cerebrais em desarranjo, principalmente a serotonina e a noradrenalina", afirma a neurologista Thais Rodrigues, de São Paulo, especialista do Minha Vida. Sentir uma tristeza muito profunda, que não passa, é motivo suficiente para procurar um profissional de saúde mental, que poderá receitar medicação e terapia. Além do tratamento, quem sofre desse mal também pode tomar atitudes que melhoram o quadro da doença. Confira a seguir.

Leia mais...

TOC tem cura? Entenda sobre as diferentes fases do transtorno

Pessoas que sofrem de Transtorno Obsessivo Compulsivo podem até duvidar da eficácia do tratamento, já que a doença gera uma sensação de descontrole mental e atrapalha a rotina dos pacientes.

O diagnóstico do TOC deve ser feito por um médico psiquiatra e o tratamento pode realizado por meio de medicamentos, psicoterapia ou cirurgia, este último sendo indicado para pacientes mais graves.

O que é, de fato, o Transtorno Obsessivo Compulsivo?

Leia mais...

Qual a diferença entre transtorno obsessivo compulsivo e mania?

Você já conheceu alguma pessoa que tem o hábito de checar mais de uma vez se o fogão está desligado antes de sair de casa? Algum amigo que sempre anda com o álcool gel na bolsa porque tem mania de estar com as mãos sempre limpas e medo de se contaminar? Para muitos pode parecer besteira ou frescura, mas se essas situações se tornam excessivas e vêm acompanhadas de outras compulsões, é possível que ele esteja sofrendo de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC).

Leia mais...

O que é TOC? Um psiquiatra explica as características da doença

Encontrar pessoas que sofrem de Transtorno Obsessivo Compulsivo é mais comum do que se imagina. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), até 2020 a disfunção mental estará no ranking das 10 doenças que mais comprometem a vida de um indivíduo. “O TOC é um transtorno psiquiátrico que tem como principais características as obsessões e compulsões”, explica a psiquiatra Monica Melo, afirmando que não existe uma causa única para o problema.

“Temos diversos fatores de risco, como predisposição genética, alterações funcionais e da neuroquímica cerebral, além de abuso físico e/ou sexual na infância e outros eventos estressantes que podem contribuir para o seu aparecimento”, acrescenta.

Leia mais...